VÁRZEA ALEGRE TERRA DOS CONTRASTES - Mundim do Vale
Localizada no centro sul do estado do Ceará ficou conhecida no Brasil inteiro depois do musical Contrastes de Várzea Alegre, interpretado por Luiz Gonzaga e composto por Zé Clementino. Cidade que foi tema de um documentário da Rede Globo de Televisão, por ser uma cidade alegre, fazendo assim jus ao seu nome. Cidade que por brincadeira de um grupo de agricultores do sítio Roçado de Dentro, deu partida no samba, para ser hoje, com duas escolas, MIS e ESURD, detentora do melhor carnaval do interior cearense, atraindo turista do estado e do país. Cidade de um povo que transformas as adversidades em causos humorísticos. Cidade que Jesus foi intimado, que o padre era casado, que o sobrado é no oitão, que Telha Quebrada é filho de Zé Goteira e um cego da Boa Vista morreu afogado na Lagoa Seca. Cidade que aparece nos sonhos dos seus filhos que estão ausentes, mas não esquecem jamais. Várzea Alegre dos grandes adjuntos da colheita do arroz, animados pelo grupo de Maneiro Pau e a Banda Cabaçal. Várzea Alegre que quando os filhos que estão distantes se encontram dizem:
- Ou Várzea Alegre boa só é longe! Várzea Alegre que Manoel Cachacinha criou o slogan “Várzea Alegre é natureza! E para finalizar, Várzea alegre é a cidade que só nos deixa tristes quando estamos distantes.

domingo, 13 de janeiro de 2013

009 - João Alves - Memória Varzealegrense


João Alves, João de Amadeu, Secundo e Natercio - Por Antonio Morais


Foto da primeira Sorveteria de Várzea-Alegre. Entre os personagens fotografados conheci  quatro ilustres  cidadãos. Mestre João Alves, João de Amadeu, Secundo e Vicente Natércio Andrade, o proprietário do estabelecimento. Aqui se utilizou pela primeira vez na cidade um liquidificador. 

Como não conseguimos falar em varzealegrense sem  que  encontremos uma historia bem humorada, peço permissão para contar uma historinha do seu Secundo.

Seu Secundo estava fazendo uns procedimentos de fisioterapia na Clinica São Raimundo. Chegou ao local no período da tarde e ficou aguardando a vez com  sua esmerada educação e brandura impar. 

Quando foi chamado a doutora disse: Seu Secundo, parece que o senhor está sonolento, está com sono! Ele respondeu: estou minha filha, estou com muito sono. Ontem, eu não dormi um pingo, passei a noite toda com o ventilador fom fom fom fom e as muriçocas fim fim fim fim no ouvido.

4 comentários:

  1. kkkkkkkk Mto boa essa do S. Secundo.. essa foto é realmente histórica....os primeiros sorvetes sairam daí.. Patola o ajudante do meu pai, não me deixava tomar os sorvets q eram p vender.. e eu brigava mto com ele rsrsrsr. Quem lembra do Patola???? Bem lembrado A. Morais.. Obrigada por falar do meu pai sempre com mto carinho..

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que Carlito Cassundé está na foto.

    ResponderExcluir
  3. Só personalidades de nossa querida terra!!

    ResponderExcluir
  4. João Alves além de gênio era muito espirituoso e bem humorado. Na época as lojas de Jose Teixeira e Luiz Proto vendiam radio e, João Alves era o encarregado de fazer a montagem. Aquela instalação de antenas que iam de um lado para o outro da casa em cima do telhado.

    Chico Inácio da Boa Vista comprou o primeiro radio da ribeira do Machado e joão Alves botou uma cangalha num burro, colocou a radio no meio da carga, fez a instalação da antena e subiu com o burro tocante causando espanto e admiração a toda matutada.

    ResponderExcluir